terça-feira, 31 de março de 2015

GOVERNO DISTRIBUI 120 TONELADAS DE PEIXE PARA A SEMANA SANTA

O acesso ao peixe, prato principal do período da Páscoa, será facilitado pelo Governo do Estado, através da Emater-RN, que vai adquirir 120 toneladas de pescado para serem distribuídos às famílias cadastradas em programas sociais. A ação acontecerá amanhã (1º de abril) em vários municípios do Rio Grande do Norte.

   A quantidade supera em 25 mil toneladas o total distribuído ano passado, que foi de 95 mil quilos.

"Esta ação tem um valor social muito importante, já que o peixe é prato indispensável nesse período. Unimos esforços e conseguimos, este ano, ampliar o número de beneficiados", afirmou o governador Robinson Faria.

Serão investidos R$ 1,2 milhão provenientes do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), através do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA Compra Direta, executado no estado pela Emater-RN. A entrega do pescado ficará sob a responsabilidade das secretarias de ação social nos municípios contemplados.

O objetivo da ação é garantir ao pequeno produtor a comercialização do seu produto por um preço justo, sem a presença de atravessadores, permitindo um alimento de qualidade para as famílias carentes durante as celebrações religiosas da Semana Santa.

Segundo o coordenador do Compra Direta, Francisco Flávio da Silva, toda a produção será adquirida da agricultura familiar. Os peixes comprados são, em sua maioria, produzidos em viveiros. A tilápia corresponde ao maior percentual de aquisição, mas outras espécies, como o ariacó, guaiuba, corvina, cação, atum, serra e dourado, também serão distribuídos.


Participam da ação entre 180 e 200 produtores de várias regiões potiguares. “Apesar da seca, teremos uma boa oferta de pescado este ano”, considerou o gestor do programa.

BANDA FILARMÔNICA DE ANTÔNIO MARTINS ESTÁ ABANDONADA


Em que pese o respeito por quem pensa o contrário, ao nosso entender essa atitude desses 11 (onze) componentes da “Banda Filarmônica Josefa Viana”, no sentido de por conta própria, sem maestro, sem fardamentos e com instrumentos precários fazerem uma alvorada, em pleno o crepúsculo da manhã, em homenagem aos 52 (cinquenta e dois) anos de Antônio Martins, é uma atitude digna de MUITOS APLAUSOS e mostra, sobretudo, que algo que está errado necessita ser corrigido.

As vezes o excesso de passividade social é prejudicial aos interesses coletivos, sejam nas pequenas, médias ou grandes cidades. Em tempos de outrora talvez o som da “Banda Filarmônica Josefa Viana” não tenha ecoado tão bem e recebera tantos elogios, deixando uma mensagem tão viva como neste ano de 2015.

Agiram com maestria, foram valentes, foram às ruas, fizeram sua homenagem e externaram o seu protesto. Protesto, aliás, simples, sem maldade, apenas dizendo: “queremos atenção, nós existimos”, justo.

Creio que com sabedoria a administração municipal deverá, não os reprimir, não os ver como inimigos, como “manchas”, como sementes negativas, mas como legítimos e verdadeiros talentos que acharam a melhor forma de externar a sua arte.

“Banda Filarmônica Josefa Viana”, verdadeiro patrimônio cultural de Antônio Martins. PARABÉNS!!!


Cesar Amorim -

Mossoró/RN , 30 de março de 2015.

segunda-feira, 30 de março de 2015

GOVERNO TRABALHA NA DEFINIÇÃO DO NOVO PROGRAMA DO LEITE POTIGUAR

O Governador Robinson Faria participou hoje, 30, de reunião para tratar do novo Programa do Leite Potiguar - PLP.

No auditório da Secretaria de Trabalho, Habitação e Ação Social – Sethas, a secretaria Julianne Faria e o diretor-presidente da Emater, César José de Oliveira discutiram com o Secretário da Agricultura e da Pesca – SAPE, Haroldo Abuana, o novo formato de funcionamento do PLP.

A orientação do Governador é de que sejam corrigidas as distorções existentes e que o Programa do Leite passe realmente a cumprir sua função social e econômica.

No campo social, o Programa do Leite deve atender as famílias em situação de insegurança alimentar, e, no campo econômico, fomentar e estimular a cadeia produtiva de laticínios no Rio Grande do Norte.

O Programa do Leite passará a ser uma ação integrada do Governo envolvendo a Sethas e a Emater. A Sethas vai cuidar das condicionalidades e cadastramento único dos beneficiários. A Emater, por sua vez, vai tratar da operacionalidade.

A Secretária Julianne Faria ressaltou que “o Programa do Leite Potiguar se insere na política pública de assistência social do Governo e a atuação integrada da Sethas com a Emater vai assegurar eficiência e eficácia”.

O Governador Robinson Faria destacou “a importância do Programa do Leite vir a integrar as ações de promoção da Agricultura Familiar, da Agropecuária e da política de Assistência Social do Rio Grande do Norte. E, ainda, incentivar a indústria de laticínios, através do apoio à produção, comercialização, industrialização e consumo do leite”.


domingo, 29 de março de 2015

ESTAMOS EM ANTÔNIO MARTINS

Hoje estamos aqui na minha querida e amada cidade Antônio Martins. Estamos revendo os amigos e familiares.


Estou muito feliz em estar aqui na antiga estação ferroviária junto com todos os amigos. Já estivemos na feira livre e agora estou aqui no Muquém. Logo mais, estaremos indo até o sítio carnaubinha.

sábado, 28 de março de 2015

CRIME BRUTAL NA ZONA RURAL DE ALMINO AFONSO

O Agricultor Lailson Monteiro de Brito de 28 anos de idade foi morto a golpe de facão na localidade de Sitio Boa Vista, zona rural de Almino Afonso, no Oeste do Rio Grande do Norte.

O crime aconteceu no inicio da tarde de ontem, 27 de Março de 2015 e a motivação pode ter sido uma briga por causa de animais soltos na propriedade do acusado “Chagas Rodrigues” que segundo informações é primo da vitima.

A Policia Militar foi informada que algumas criações de Lailson, invadiram a propriedade de Chagas e quando ele foi reclamar, teve inicio uma discussão, que terminou com a morte de Lailson, a golpes de facão. Chagas, o acusado fugiu antes da chegada da Policia.


Uma equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia, Itep de Mossoró foi acionada ao local para fazer a remoção do corpo. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia do município de Patu.

imagem Whatsapp

quinta-feira, 26 de março de 2015

REUNIÃO DISCUTE SURTO DE RAIVA ANIMAL NA REGIÃO DO ALTO OESTE

Diversos técnicos da área de saúde de Pau dos Ferros reuniram-se na última segunda-feira (23), na sede da VI Unidade Regional de Saúde Pública (Ursap), para discutir o surto epidemiológico de raiva animal na região do Alto Oeste potiguar, que repercute diretamente na saúde humana por ser uma zoonose com alto índice de letalidade.

Essa preocupação tornou-se mais evidente em virtude da confirmação de três casos de raiva animal na região: 02 bovinos em José da Penha e 01 suíno em Serrinha dos Pintos. 

Também há relatos de situações nos municípios de Riacho de Santana e São Miguel.

Segundo a enfermeira Eliana Fixina, responsável pelo setor de imunização da VI Ursap, “é preciso que seja definida a reorganização do fluxo de atendimento e notificações dos acidentes com animais passíveis de transmissão da raiva humana nas unidades de saúde e no hospital”, destacou.

Participaram do encontro técnicos da VI Ursap, do Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade e da Secretaria Municipal de Saúde de Pau dos Ferros.

Sesap recomenda que criadores que tiveram contato com animais suspeitos busquem orientação médica

O Programa Estadual de Controle da Raiva da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recomenda que os criadores que manipularam animais suspeitos de raiva procurem assistência médica para avaliação do risco de exposição ao vírus.

De acordo com o resultado dessa avaliação, poderá ser necessária a profilaxia antirrábica. A raiva é uma doença grave e considerada 100% letal, por isso a prevenção é a única medida para a proteção da saúde humana.

Em dezembro de 2014, foi publicada a Portaria nº 119, do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn) – solicitada pela Sesap –, que torna obrigatória a vacinação contra a raiva em bovinos, equinos, asininos, muares e outros animais domésticos de importância econômica, como caprinos, ovinos e suínos em 26 municípios do Estado onde já havia registro de raiva nessas espécies de animais.

Os municípios que estão incluídos na portaria são: Acari, Almino Afonso, Antônio Martins, Barcelona, Bom Jesus, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Cerro-Corá, Cruzeta, Currais Novos, Frutuoso Gomes, Ielmo Marinho, Lajes, Lagoa de Velhos, Lucrécia, Macaíba, Patu, Rafael Godeiro, Riachuelo, Rui Barbosa, Santa Maria, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Eloi de Souza e Sítio Novo.

De acordo com o documento, os produtores desses 26 municípios devem comprovar a vacinação antirrábica dos animais herbívoros domésticos, assim como contra a febre aftosa nos escritórios de atendimento à comunidade e unidades locais de saúde animal e vegetal do Estado.

 A vacina deve ser adquirida pelo próprio criador e comprovada seguindo o calendário da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Apesar de os municípios de Riacho de Santana e José da Penha não constarem na portaria do Idiarn, é recomendado que a vacinação seja realizada, devido à ocorrência de casos suspeitos de raiva em animais.


O último caso de raiva humana no RN ocorreu em 2010 e foi transmitido por um morcego, porém todos os anos são registrados casos de raiva nos animais no Estado. 

Em 2014, foram diagnosticados 36 animais positivos para raiva no RN, sendo 17 bovinos, 15 morcegos, 2 equinos, 1 raposa e 1 cão. 

Esse número de bovinos positivos para raiva foi o maior dos últimos dez anos diagnosticado pelo Laboratório Central (Lacen/RN).

ALEXANDRA MOREIRA PARABENIZA ANTÔNIO MARTINS