sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

MAIS DE 1 MILHÃO E MEIO DE ESTUDANTES JÁ SE INSCREVERAM NO SISU



O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já passou das 3 milhões de inscrições e do 1,5 milhão de estudantes inscritos. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, informou os dados no início da tarde desta sexta-feira, 24 de janeiro, em vídeo gravado em rede social.

“A partir de agora, o ritmo de pessoas acessando o sistema está diminuindo muito porque já atendemos praticamente todo mundo que tem interesse”, disse o ministro.

Os candidatos têm até o domingo (26) para concorrer às vagas do programa. Cada participante pode optar por até dois cursos.

O Sisu é a principal forma de acessar o ensino superior público com a nota do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para participar, é necessário não ter zerado a redação. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do programa na internet.

O sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus.

Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

A data final de inscrições seria sexta-feira, 24. Com as inconsistências na correção das provas do Enem, o MEC decidiu dar mais tempo para os estudantes, para evitar prejuízos. Os resultados serão divulgados no dia 28 de janeiro.


quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

GOVERNO ANUNCIA CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DE 2020



O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quarta-feira (22) o calendário de pagamento dos servidores para todo o ano de 2020. De fevereiro a dezembro, quem ganha até R$ 4 mil e os agentes da Segurança Pública receberão seus salários integralmente no dia 15 ou 14, a depender do mês. Os demais vão receber 30% nesse dia e o restante no último dia de cada mês.

Já os funcionários dos órgãos de arrecadação própria continuarão recebendo no último dia útil. O anúncio foi feito pelo Poder Executivo após reunião com o Fórum de Servidores, realizada no auditório da Governadoria.

Segundo o governo, a data para depósito do 13º salário de 2020 dos servidores será divulgada no início do próximo semestre. Quanto aos atrasados de dezembro e 13º de 2018, ainda não há definição. O Poder Executivo afirma que abrirá diálogo com o Fórum para estabelecer um prazo, mas só após a quitação da folha de novembro daquele ano, anunciada para 15 de fevereiro.

Previdência

A reforma da previdência não foi discutida na reunião desta quarta (22). Isso porque a governadora Fátima Bezerra (PT) teria determinado mudanças quanto à faixa salarial que terá isenção na contribuição previdenciária, que até o momento era de até um salário mínimo.

Desse modo, o governo elaborará um texto para ser apreciado pelo Fórum, no dia 30 de janeiro, e uma nova reunião está prevista para o dia 3 de fevereiro. O texto final será enviado à Assembleia Legislativa na primeira semana do próximo mês, assim que os trabalhos da Casa sejam reabertos.


terça-feira, 21 de janeiro de 2020

ESTUDANTES JÁ PODEM SE INSCREVER NO SISU



Os estudantes que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019, já podem acessar o Portal do SISU e realizar a inscrição para tentar uma vaga em uma Instituição de Ensino Superior Pública de todo o país.

Devido a erros nas notas de alguns participantes, o Ministério da Educação (MEC) resolveu dar mais tempo para solucionar todos os problemas com as correções das provas e informou, nesta segunda-feira (20), que haverá extensão do prazo para inscrições no Sisu.

A data inicial continua a ser hoje, 21 de janeiro, mas o período segue até as 23h59 de domingo, 26, dois dias a mais do que o estipulado no edital.

“O Sisu vai estar aberto no prazo que era previsto. Faça sua inscrição e, para quem tiver problema, estamos estendendo em mais dois dias”, reforçou o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Ao se inscrever, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. Ao final, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus.

Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula. Os resultados serão divulgados no dia 28 de janeiro. As outras datas são:

- matrícula ou registro acadêmico nas instituições participantes: até 4 de fevereiro;

- lançamento da ocupação nas vagas pelas instituições participantes: até 7 de fevereiro;
- manifestação de interesse para constar na lista de espera: até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O cronograma foi publicado na edição de 3 de dezembro, do Diário Oficial da União (DOU). O edital completo está na página do Sisu.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, as notas do Enem já foram corrigidas e estão disponíveis na Página do Participante, seja no portal, seja no aplicativo do Enem.

“Nós pegamos todos os quase 4 milhões de participantes e corrigimos as provas deles com todos os gabaritos possíveis e calculamos todas as proficiências possíveis”, disse o titular do instituto responsável pela aplicação do exame.


QUASE 10 MIL PESSOAS TEM PEDIDOS DE BENEFÍCIOS PENDENTES HÁ MAIS DE 45 DIAS NO INSS NO RN



O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem 9,8 mil pedidos de benefícios previdenciários pendentes há mais de 45 dias no Rio Grande do Norte, segundo dados informados nesta terça-feira (21). O benefício com maior fila de espera é o assistencial dado a pessoas com deficiência, que tem mais de 4.086 mil potiguares na lista.
  
O prazo de 45 dias é o prazo para que o INSS comece a pagar o benefício, após o usuário dar entrada na solicitação. Em todo o país, até o início da semana passada, cerca de 2 milhões de pessoas estavam na espera mesmo após esse prazo. Na maior parte dos casos, o atraso ocorre devido a problemas no sistema de análise da própria previdência.
  
No Rio Grande do Norte, a maior parte dos pedidos é por auxílio a pessoas com deficiência. O segundo maior grupo é dos que querem se aposentar por idade (2.176). O salário-maternidade vem em seguida, com 1.531 mulheres na fila, além dos trabalhadores que querem se aposentar por tempo de contribuição (911), dos pedidos de pensão por morte (591), do benefício assistencial ao idoso (523) e auxílio-reclusão (23).
  
Na semana passada, o Governo Federal reconheceu o problema e anunciou medidas para reduzir a fila de espera. Entre elas, está a previsão de convocação de militares da reserva para o atendimento no órgão. No entanto, a situação só deverá se normalizar em setembro, de acordo com a previsão do próprio poder Executivo nacional.

Em 2019, MPF pediu contratação de servidores

Em agosto do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública contra a União e o INSS determinando que fossem contratados de forma temporária, em até 45 dias, funcionários em número suficiente para atender às demandas acumuladas há mais de 60 dias no instituto. Além do recrutamento de mão de obra temporária, o MPF pediu que fosse realizado concurso para provimento de cargos efetivos vagos. Além disso, o INSS deveria informar mensalmente o tempo de análise dos pedidos recebidos.


segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

USO DA PLACA MERCOSUL SERÁ OBRIGATÓRIO A PARTIR DO DIA 31 DE JANEIRO



No dia 31 de janeiro passa a ser obrigatório em todo o país o uso da placa Mercosul. O Rio Grande do Norte está entre os 10 estados brasileiros que já haviam aderido ao novo sistema de placas.

O prazo foi definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) no dia 28 de julho de 2019. O sistema, que deveria ter entrado em operação em janeiro de 2016, teve 6 adiamentos.

O novo prazo foi determinado para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem credenciar as fabricantes das novas placas. Também foram alteradas algumas regras para a colocação das placas Mercosul.

A placa passa a ser obrigatória para veículos novos, no primeiro emplacamento e para os que forem transferidos de município ou estado.

A troca também deve acontecer em caso de furto da placa antiga ou em caso de dano muito extenso, que dificulte a leitura. A placa também pode ser trocada voluntariamente, caso seja o desejo do proprietário.


sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

PISO SALARIAL DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA TEM AUMENTO DE 12,84%



O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live no Facebook o aumento de 12,84% no piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24.

Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano. O Ministério da Educação prepara proposta com novas regras.

“Anunciamos hoje na live com o Presidente @jairbolsonaro o reajuste de 12,84% no piso salarial dos professores da educação básica. Isso passa a valer imediatamente, com o valor subindo de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. É o maior aumento registrado em termos reais desde 2009”, disse Weintraub.


quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

CAIXA ECONÔMICA COMEÇOU A PAGAR HOJE O PIS PARA OS NASCIDOS EM JANEIRO E FEVEREIRO



Nesta quinta-feira (16) a Caixa Econômica Federal inicia o pagamento do Abono Salarial (PIS) calendário 2019/2020, para os trabalhadores nascidos nos meses de janeiro e fevereiro.

Os valores variam de R$ 87 a R $ 1039, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base de 2018.

Os trabalhadores com conta individual na Caixa e que estão com o cadastro atualizado tiveram o dinheiro depositado automaticamente nesta terça-feira (14).

Os pagamentos do abono salarial são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. O prazo final para sacar o os valores referentes a 2019/2020 é 30 de junho de 2020.

De acordo com a Caixa, são mais de 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, totalizando R$ 2,6 bilhões em recursos injetados na economia.

O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A CAIXA disponibilizará cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários até o final do calendário.